Clube dos desgostos

quatro mulheres falam de amor e outros contratempos

Expectativa!

by kelly...

Olá! E aqui estou a apresentar-me como KELLY:)
Hoje dei comigo a pensar no rumo que as coisas já estão com o Malk... passamos a uma fase bem mais "avançada", digamos que há progressos...que eu nem esperava chegar a uma fase assim. Temos falado como sempre...e agr há muito mais que simples olhares, sorrisos ou beijos que sejam... há convites para sairmos...só que nem um nem outro deu o passo seguinte..também o destino agora não tem ajudado muito, refira-se! Porque não mais nos encontramos fora do ambiente de trabalho e até temos entrado quase às mesmas horas...mas há-de chegar o dia! E como da última vez estava tão desesperançada que ele me voltasse a sorrir, conto-vos que tremi quando o vi de novo..e ele me olha...e fica sério...e logo de seguida dá-me aquele sorriso enorme e começa com os tais avanços de que falo. Bem...tenho-vos a dizer que esta semana então.. foi um êxito. Com aquela persistência dele em irmos sair,...e ele pergunta: "onde vamos, só tu e eu?"..ao que respondi: "deixo ao teu critério, escolhes tu!"..e ele logo:"mas é pra ires mesmo!",e eu: "claro"..bem, nem sei como me saiu tão prontamente estas respostas imediatas..mas pela reacção,ele gostou da minha sugestão:) Agora só nos falta o passo seguinte, trocar contactos (o que ele se farta de perguntar e o que eu já lhe disse pra ser ele a dar-me), mas que nem eu nem ele ainda passamos a essa fase...digamos que esta expectativa e o tempo que damos ao nosso tempo, deixa isto mais interessante, mas desesperante. Quando o tlm toca ou dá sinal de mensagem penso sempre: "pra quê ver a correr o tlm se ele não tem o meu nr?,não deve ser ninguém importante!". Esquisita esta sensação, parece que algo está incompleto..parece que falta a peça fundamental num puzzle.
Quando ele me fala assim tão sério, sobre a nossa eventual saída, eu dou comigo a pensar em como vou estar, se isto de facto se concretizar!..sabem que, por enquanto não acredito..e acho que só vou cair em mim quando estiver frente a frente a ele. Só não estou a ver como vou controlar este friozinho na barriga, este meu coração,o que é incompreensível (mas é algo que sinto bem cá dentro) e o pouco que o conheço, já me faz sentir assim...além de adorar tudo o que ele faz...não sei se será por comunicarmos bastante por olhares e sorrisos e gestos etc...que agora basta olhar na direcção do outro pra ambos sabermos que estamos a olhar um pro outro, que agora nos entendemos mesmo a uma distância considerável... tudo isto me faz pensar, que talvez ele seja mesmo "aquele", "o tal"...sabem? Apesar de algo me incomodar desde sempre.., ele tem no carro uma cadeira de bebé...e isso tira-me a paz...eu sei que ele vai poucas vezes de carro, ele próprio me disse..e que o carro pode ser emprestado ou a cadeira estar lá por algum motivo que não aquele que me tira a paz de espírito...MAS (e há sempre um "mas"!) ele tem tanto de positivo, que já estou a prever um motivo pra o mundo me desabar...Tenho receio que seja bom demais pra ser verdade, conhecem a sensação? Pode ser que, em breve, eu tenha algo de bom pra contar ou algo de não tão bom...mas seja o que for, e aconteça o que acontecer, ele mudou a minha vida pra muito melhor, fez-me "nascer" de novo e sou uma nova kelly e isso....
...isso ficará para sempre...nada do que possa (ou não) acontecer, mudará isso!



Acho que o vídeo se adequa, pois quando eles se olham remete-me ao que me acontece com o malk... pra além de adorar a música!

Beijinhos a todos que passam e têm a paciência de acompanhar as histórias.

7 comentários:

Viva. disse...

Viva aquilo somente que te faz bem. E se o que vives te faz bem, siga em frente, sem medo! Deixe que as dores (SE EXISTIREM)sejam vividas no tempo certo!!!

12 de fevereiro de 2010 às 05:52  

Olá, Kelly!
Faça o que teu coração mandar, obedeça as emoções.

Beijos.

12 de fevereiro de 2010 às 15:07  
Vicky disse...

Vai em frente miga :) Nao sabia q isso ja estava tao avançado. Estás passar por uma fase desesperante mas "interessante" como disseste. Em que as pessoas só se conhecem pelo olhar.

Mas nao t esqueças q ha mt mais q isso pra conhecer. (Cadeirinha de bebé? Isso faz me lembrar o episodio no café...)

Beijinhos

P.s. desculpa a ausencia

13 de fevereiro de 2010 às 06:02  

Sempre há um 'mas'mesmo que as vezes oculto por algum tempo,o problema é que as vezes sofremos por antecipação,toda nova história vale a pena ser vivida,cada segundo por mais ruim ou bom que possa ser,ficará marcado.

Beijos!

13 de fevereiro de 2010 às 17:15  
Luh* disse...
Emma disse...

acredito que vai correr tudo bem!

beijo*

16 de fevereiro de 2010 às 15:39  
r. disse...

lovely post
cheio de sentimento.
"E como da última vez estava tão desesperançada que ele me voltasse a sorrir, conto-vos que tremi quando o vi de novo." atrevo-me a dizer que o feeling era mútuo :)

13 de março de 2010 às 06:24