Clube dos desgostos

quatro mulheres falam de amor e outros contratempos

Um desabafo

Não consegui passar a mensagem que queria ver o filme do princípio ao fim, previamente. Mas ela foi recebida. No momento.

E agora... Partilho isto, aliviada, e no eterno anonimato... Ás vezes gostava de ser diferente. Libertar-me mais, aproveitar cada minuto de vida, não olhar para trás, ter mais necessidades básicas e primárias! Não as tenho? Sou diferente?

Mas não consigo. A motivação, o desejo...eles não vêm num corpo bonito. Vêm numa conexão que não é atingida com qualquer pessoa... E acabo numa incompreensão por parte do mundo. Não é moralismo, não são princípios...Pois os meus princípios são os de aproveitar cada momento como se fosse o último. No entanto, o meu conceito de "aproveitar" não parece combinar com aquele daqueles que me "procuram"...
Não procuro uma alma gémea. Mas também não procuro o resto.
Acontecimentos vão-se sucedendo...E parece que estou vazia...

Se sou tão vazia nas minhas emoções e ao mesmo tempo, distante num envolvimento físico, o que resta de mim?

Não procurar nada...apenas encontrar...mas nada, nada é suficiente!
As minhas emoções estão vazias e as supostas necessidades básicas não se manifestam! As minhas emoções vazias trazem o meu corpo vazio também.

Não há nada que eu lhes possa dar.

Conhecer pessoas... Distraem-me de vários pensamentos. Mas no fim de contas, deixo de as querer conhecer. Uma panóplia de intenções que eu não tenho. Não a olhar apenas para alguém. Não no segundo dia de uma troca de palavras... Intenções, sempre intenções... Farta de intenções. Se não julgo ninguém, porque me julgam por não me motivar com o que supostamente todos se motivam?

Chamar-me complicada...

CHEGA! CHEGA! CHEGA!

DE TEORIAS LINEARES!

Não posso ser alguém que não sou. Sou aquilo que sou. Aproveito como quiser. E se, te faz feliz ser diferente de mim, aproveita! Porque tens o direito!! Mas não queiras que aproveite como tu.... Porque não estaria a ser fiel a mim mesma, aproveitar algo que não tenho vontade de aproveitar...




P.S: Ás meninas do Clube: Peço desculpa, ando para aqui a "brincar" com os templates, podem mudar à vontade também. Deu-me para um espírito natalício. hihi.

6 comentários:

Sábias palavras.
Estou um pouco como você. Este estar-no-mundo está me fazendo mal.
Beijos.

22 de dezembro de 2009 às 15:17  
G. disse...

O 'aproveitar' tem várias definições. Varia de pessoa para pessoa. Não és vazia. Tens um conceito diferente.
Aproveitar sem querer fazê-lo, não é aproveitar. É fazer por fazer. Não te sintas mal por seres assim. És assim e ainda bem que és fiel a ti própria. Signfica que és integra.
Bjos

22 de dezembro de 2009 às 15:55  
Onurb disse...

Beeeeemmmm...eu adoreiiii este espirito natalicio..até ia sugerir uma mensagem de Natal de nós todas mas numa só! Temos que combinar isso:)
Quanto ao teu post, percebo perfeitamente a mensagem que queres transmitir... Ainda bem que és diferente, porque só o facto de não agires baseado no "geral" e no "mais conveniente para os outros..." já revela que tens força suficiente para ir "contra" o normal! Alguém já me disse que "o sucesso está no sentido inverso à corrente normal"...por isso dá-te por contente e aproveita no teu sentido de aproveitar!! Eu tb sou assim:)

Beijinhossssssssssssssssss

23 de dezembro de 2009 às 04:22  
Emma disse...

gosto muito deste template e do espirito natalicio, que este ano ainda não me atingiu...

quanto ao post, Sê sempre e somente tu! nunca tentes ser quem não és ou ir contra aquilo em que acreditas. Sê sempre tu! às vezes podes perder, qualquer coisa não sei bem o quê, em seres tu. Mas és verdadeira, quer com os outros quer contigo mesma.

não te podes sentir assim tão vazia com esses sentimentos todos...e acredito que aquilo a que chamam de alma gémea há-de aparecer quando menos esperares...às vezes acho que basta deixar de procurar que essa pessoa aparecerá (estou a tentar seguir esta filosofia :) )

***

P.S. Feliz Natal e Um excelente 2010*

23 de dezembro de 2009 às 16:29  

Acho que sermos fiéis àquilo em que acreditamos é o importante, mesmo que isso difira daquilo que o geral segue. Não podemos ceder só porque é o mais normal... Gostei do novo traje natalício do blog. Bom natal para ti Vicky i para as outras moças daqui do blog. Beijos **

24 de dezembro de 2009 às 12:49  
r. disse...

um rapaz aceita ver só um filme, mas a rapariga ser convidada par ver só um filme... é que faz cá um filme... porque é que ele convidou? só vamos estar nós, nao vai mais ninguem? será que ainda tem namorada? ele disse para ver um filme ou disso para vermos um filme? ele estava a sorrir quando disse? será que disse a mais alguem primeiro?
:D
claro que eu posso estar enganado e as mulheres nao serem nada complicadas de todo :p

post scriptum: o post do "Novo alguém..." estava muito interessante :)

25 de dezembro de 2009 às 11:03