Clube dos desgostos

quatro mulheres falam de amor e outros contratempos

Ilusões, saudades

by Ocram
Confesso que não estou ainda no meu melhor, mas as minhas 2 folgas (k terminam hj,daqui a pouco mais de 3h!), fizeram milagres;) Não há nada como uma noitada pra espairecer..a noite faz milagres...comigo plo menos! :) Podia ter sido mt melhor, mas já acordou o que estava adormecido=) Bem precisei disto, pois de novo se segue uma jornada de trabalho quase sem pausas:/ mas a vida é mesmo assim, temos k aproveitar enquanto se pode e enquanto há...!
Hoje não estou inspirada pra escrever sobre aquele que, por vezes, se lembra de mim... Na minha folga, recebi um toque....não liguei muito pois já não estou habituada a receber toques no tlm...nem fui de propósito ao tlm...pois podia ser alguém que se enganou na chamada e reparou a tempo...no entanto, quando peguei no tlm, tudo ficou claro: tinha sido ELE! Pergunto-me PORQUÊ? Porque se lembra ele de me dar toques?! Ok que se lembre de mim, mas que se cale, que não mo demonstre, pois já deixei bem claro que não estou nem aí! Enfim...!
Mudando de assunto, hoje vieram-me uns temas à ideia... ILUSÃO e SAUDADE!
Ilusão no sentido de quando algo acaba (seja o que for), pois sabemos desde sempre que tudo que começa pode acabar (ou não...,depende do ponto de vista,pois normalmente quando algo acaba,há sempre algo que tem o seu início..!), temos aquelas sensações de perda..seja de um amigo, de um namorado(a), de alguém...ou de algo que se sentiu!
Saudade no sentido de gostarmos de reencontrar pessoas que fizeram parte da nossa vida,...amigos de infância, colegas de escola, etc...
Sem me alongar mais, o que se segue, acho que resume tudo. Para reflectir:

"E de novo acredito que nada do que é importante se perde verdadeiramente. Apenas nos iludimos, julgando ser donos das coisas, dos instantes e dos outros. Comigo caminham todos os mortos que amei, todos os amigos que se afastaram, todos os dias felizes que se apagaram. Não perdi nada, apenas ilusões de que tudo podia ser meu para sempre."

"Andando...
vamos andando... por onde... para onde... como... e com quem...??
nunca saberemos...
jamais saberemos quem caminha ou já caminhou por momentos connosco...

por instantes, recordaremos... aqueles que vieram contra nós, aqueles que olharam pra nós...aqueles que nos sorriram... e continuaram o seu caminho...

...continuaram a andar, a caminhar...

ao nosso lado, alguns continuam...
sem nós... grande parte deles!

Não sei pra onde vamos, nem o k encontraremos...
mas o certo é que continuamos a nossa caminhada...

para o desconhecido, ou para algo que sabemos desde já...

Quem sabe... "

Beijinhos a todos!

9 comentários:

Bailarina disse...

Fico contente porque me pareces mais animadinha... Espero, que continues nem aí para Ele... 8)
Bom fim de semana!
Bjinho*

10 de julho de 2009 às 07:19  
*Lusinha* disse...

Ah, com certeza, nada como um folga e uma noite/tarde relaxante para espairecer a mente.
Felizmente foi feriado em Sampa ontem, então hoje a sexta está mais calma e mais feliz. ;)
Bjitos!

10 de julho de 2009 às 07:57  
Vicky disse...

Adorei a reflexão :)
Pois é, amiga, tens q tu ter juizo por esse homem e por ti. Não há justiça :o

Que venham mais folgas e mais noitadas pra nós :D
Beijinhos*

10 de julho de 2009 às 19:28  

a reflexao valeu pra mim tbm =)

10 de julho de 2009 às 23:00  
Emma disse...

alguém me disse que só se tem saudades daquilo que já se teve...o que não é ilusão, para mim, é que tudo acabou...e por isso vivo com saudades do passado...

um pouco da minha reflexão

***

12 de julho de 2009 às 08:25  

Ilusão é pensarmos que somos donos de alguém...que esse alguém nos pertence.
O que fica mesmo é a saudade,de bons momentos juntos mesmo que o outro tenha seguido o seu caminho,e já não esteja mais conosco.As alegrias e os bons momentos são eternos pois ficam guardados em nossos corações!
Gostei do que escreveu.
Beijos. =]

13 de julho de 2009 às 08:57  
Larissa disse...

ninguem é dono de ninguem. isso sim é ilusão, pura e egoista.

gostei daqui. Beijos

15 de julho de 2009 às 16:34  

Se o tempo voltasse para trás é que era um gajo porreiro! Pessoal que passa e que nunca mais se vê, seguindo a sua vida longe... Caras que nunca mais vemos e que representavam pessoas simpáticas que significaram algo para nós, e estão ligadas a certas épocas da nossa vida... É assim... Tudo isso valeu enquanto durou e ao menos da memória não nos foge.

18 de julho de 2009 às 02:44  
Nícas disse...

Nem mais, é bom ver o positivismo que paira por estes lados.
Percebo tão bem o que dizes.. enfim, vá-se la perceber certas pessoas.
Gostei também bastante desses excertos ;)

18 de julho de 2009 às 07:22